segunda-feira, 22 de outubro de 2012

Minha felicidade é assim - simples







Tesouro

A felicidade se encontra em momentos comuns, faz morada na simplicidade.
É carinho de mãe quando estamos desesperados
abraço de amigo quando nos sentimos sozinhos
é o olhar de quem amamos nos apoiando
é o silêncio calmante que cala palavras ofensivas
é frase dita na hora certa que vale por livros inteiros.

Felicidade é café quente em dias frios (em dias quentes também)
é o grito dos meus sobrinhos quando chego em casa (tia Tata chegou!!)
é almoço de domingo com a família (que está aumentando..viva \o/ )
são os braços do homem que amo ao redor da minha cintura durante a noite
é colo, abraço, abrigo, carinho nos olhos, mãos estendidas.

Felicidade não sobrevive na dúvida
é a certeza de que quem amamos acredita, confia e sabe quem somos,
sem justificativas.

Minha felicidade é assim - simples
Não preciso buscá-la lá no alto ou no final do arco-íris,
não preciso de grandes eventos, ser aplaudida,
ela está ao alcance dos meus olhos e das minhas mãos
todos os dias.
Renata Fagundes


"Motivado pela simplicidade, o poeta já dizia que simplicidade é querer uma coisa só, e que solução pra vida é quando temos a coragem de dizer: "eu queria o simplesmente"... é ser capaz de reconhecer o único e necessário bem que nós pertencemos, geralmente quem quer muita coisa não quer nada, geralmente quem diz que ama muitas pessoas não ama ninguem, por isso o discurso da simplicidade é um caminho seguro, muitas vezes queremos muitas coisas e no ato de querer o muito acabamos nos despredendo de nós mesmos, porque querer muito é esquecer quem somos, eu sou a simplicidade, uma estrutura que depende de um único querer, no momento que nos preocupamos daquilo que é unico, a vida segue com sabedoria, é o mesmo que querer escrever mil cartas ao mesmo tempo, você nao tem condições de transcrever várias cartas, como não é possivel percorrer mil quilometros se a gente não der o primeiro passo, é tão fácil dizer que a vida e complicada demais, a vida não é complicada, a gente que complica no momento em que queremos muito, talvez hoje o pior erro tenha sido querer cuidar de todos e acabou não cuidando de ninguém, porque no momento em que a gente multiplica o nosso querer, a gente perde a capacidade de dividir, e as vezes o que a vida pede de nós é a simplicidade, não tem muito o que fazer, o que buscar, e descobrimos isso no momento em que a morte encosta em nós, alguém está morrendo perto de nós, ou a gente está morrendo...

A gente descobre que aquilo que faziamos antes a gente já não pode mais fazer, não temos mais forças para fazer o que faziamos antes, quando se é crianca chora-se de fome, ou de sede, é a vida simples acontecendo, e quando vamos crescendo vamos multiplicando nossas necessidades e deixamos de reconhecer o que é importante agora, e ai precisamos descobrir uma forma sem esbarrar na morte, de todos os dias ser capaz da simplicidade que hj precisa viver, aprendendo isso hj pode-se corrigir a vida, o que é que vc precisa fazer hoje pra que se possa descobrir o valor de uma vida simples, simplicidade é querer uma coisa só, qdo alguem esta morrendo ao nosso lado a gente cancela a agenda da gente, deixa tudo de lado, nao há compromisso que nao possa ser cancelado, pq o essencial é estar ao lado de quem amamos, que esse aprendizado chegue a nos antes que pessoas precisem morrem pra nos conscientizarmos, sabedoria é estar ao lado, ser simples, e nao se perder em mtos quereres."
Pe. Fábio de Melo



Nenhum comentário:

Postar um comentário