quinta-feira, 29 de novembro de 2012

SEJA UM DOADOR



                                                 https://www.facebook.com/DoacaodeOrgaos

                                                 http://www.brasil.gov.br/sobre/saude/doacao
                                           

                                         http://www.vidaporvidas.com/2011/04/seja-um-doador/


Salvar vidas é um ato fantástico, privilégio de poucos. Penso muito nos médicos, enfermeiros, os profissionais de saúde que têm diante de si esta responsabilidade diariamente. Penso ainda mais no exemplo que Jesus Cristo deixou, quando deu Sua vida em prol da humanidade, morrendo numa cruz. Isto sem dúvida, é a essência suprema no ato de salvar vidas.
É interessante que, diariamente, cada pessoa tem a possibilidade de contribuir para salvar outros. A doação de sangue, de plaqueta ou de medula óssea é um ato simples para ser entendido e praticado. Poucas condições separam o doador da doação, mas o resultado deste gesto pode fazer imensa diferença na vida de quem é beneficiado.
O Vida por Vidas, idealizado pelos jovens adventistas, tem como base a religião da solidariedade. A juventude não ficou somente no discurso bonito de ajudar o próximo, de fazer algo pela sociedade.
O projeto movimenta vários países sul-americanos em prol de uma grande rede de cooperação, de ajuda. Com hábitos saudáveis e um estilo de vida fundamentado em princípios cristãos, os jovens querem oferecer o que têm de melhor a quem precisa: seu sangue.
Eu te convido a fazer parte desta caminhada que está repleta de gente que não se cansa de doar um pouco deste precioso líquido, tão necessário nas cirurgias, nos acidentes, nos transplantes. Este sangue com certeza dará vida e esperança para muitos que sofrem. Se Jesus deu tudo pelo mundo, porque eu não posso doar um pouco?
Doe vida, doe esperança!
Seja um doador.







Coração
Instituto do Coração do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP: 23 transplantes (capital)
Hospital das Clínicas Unicamp: 9 transplantes (interior)

Pulmão
Instituto do Coração do Hospital das Clínicas da Faculdade Medicina da USP: 18 transplantes (capital)

Pâncreas
Hospital Bandeirantes: 9 transplantes (capital)

Pâncreas/Rim
Hospital São Paulo da Escola Paulista de Medicina: 19 transplantes (capital)
Hospital das Clínicas de Botucatu: 4 transplantes (interior)

Rim
Hospital São Paulo da Escola Paulista de Medicina: 431 transplantes (capital)
Hospital das Clínicas da Unicamp: 59 transplantes (interior)

Fígado
Hospital Albert Einstein: 105 transplantes (capital)
Hospital das Clínicas da Unicamp: 27 transplantes (interior)

Córneas
Hospital de Olhos Paulista: 150 transplantes (capital)
Hospital Oftalmológico de Sorocaba: 1.502 transplantes (interior)

Hospitais que mais notificaram potenciais doadores de órgãos:
Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de USP: 60 notificações (capital)
Hospital de Base de São José do Rio Preto: 44 notificações (interior)





Nenhum comentário:

Postar um comentário